Manifestações contra PEC 241 e sucateamento da educação pública

Hoje, 18 de outubro de 2016, haverá uma grande manifestação contra o PEC 241, a Reforma do Ensino Médio e a privatização da Educação em Goiás via Organizações Sociais (OS). A mobilização acontece a partir das 16 horas na Praça Universitária, Setor Leste Universitário. Contamos com a participação de todos.

Após a aprovação do projeto do Projeto de Emenda Constitucional (PEC) nº 241 na Câmara dos Deputados com ampla maioria, tornou-se claro que temos no horizonte um projeto de Brasil lamentavelmente elitista, que congela as despesas do Governo Federal pelos próximos 20 anos, englobando, a partir de 2018, as áreas da Saúde e da Educação. Dessa forma, o aumento dos gastos públicos fica limitado tão somente ao aumento da inflação. Na prática, é o fim dos investimentos públicos. Embora a premissa do governo seja legítima,  a necessidade de construir uma situação orçamentária sustentável, equilibrando arrecadação e gastos, a medida é hedionda. É como se uma pessoa, para reduzir as despesas domésticas, cortasse os remédios diários para a manutenção de sua saúde, assim como as mensalidades da sua faculdade, mantendo regularmente as idas a bares e as viagens de fim de ano. Não faz sentido.

O nosso governo em exercício parece se esquecer de que não está gerindo números em uma planilha ou padrões evidenciados em gráficos, mas vidas humanas. Falta de investimentos na saúde traduzem-se em pessoas morrendo em filas de hospitais, agonizando nos corredores dos pronto-socorros sem atendimento adequado, tendo negado não somente o evidente direito à vida, mas também à dignidade. Da mesma forma, a negligência da educação como área nuclear para a construção de qualquer Estado Democrático de Direito deixa claro que o Estado parece ignorar seu papel mais elementar como ‘gestor de vidas’, para usar a expressão foucaultiana. Basta imaginarmos um Estado onde não haja o compromisso público com a educação dos seus cidadãos. O que podemos dele esperar em 20 anos? Educação não é gasto. É investimento.

A respeito da privatização da educação em Goiás via organizações sociais, produzimos o texto de esclarecimento que vocês podem ler em anexo.

Anúncios

I Seminário de História e Narrativas Audiovisuais

Entre os dias 07 e 09 de novembro acontecerá o primeiro Seminário em História e Narrativas Visuais da UFG, no auditório Lauro Vasconcellos da Faculdade de História, Campus Samambaia. Na ocasião, serão apresentados trabalhos escritos e audiovisuais dos alunos concluintes da pós-graduação homônima oferecida pela FH-UFG. Participe!

programacao-iseminarionuh

 

 

Exibição do longa goiano “Hang the Superstars: Causos do Rock Proibidão”

O longa-metragem goiano, dirigido por Adérito Schneider, Eduardo Kolody e Mariana Dourado, “Hang the Superstars: Causos do Rock Proibidão”, terá seu lançamento no dia 7 de Novembro de 2015, às 20h no Centro Muncipal de Cultura Goiânia Ouro, com ENTRADA GRATUITA.

Será EXIBIÇÃO ÚNICA do filme. Portanto, não perca essa oportunidade.

Hang the Super Star
Para mais informações, segue a página do facebook do projeto do filme:
https://www.facebook.com/events/1154633314564783/